Arquivo de outubro, 2007

Não gosto mais do Horário de Verão!

Durante muito tempo adorei este tal de horário de verão.  As tardes eram mais longas, claras e divertidas. Aí, esse treco de você se acostumar com ele e ele acabar, aí você se acostumava com o horário normal e vinha o de verão DE NOVO,  começou a me encher a paciência (que tá pouco, deve ser a “marvada” da TPM).

Aí comecei a me indagar se eu gostava ou não desse horário. Não havia decidido ainda, até que “EUREKA” a decisão saiu. EU NÃO GOSTO DE HORÁRIO DE VERÃO, PORQUE SE ISSO FOSSE BOM O GOVERNO NÃO ADOTAVA, PORQUE ELE NÃO ADOTA NADA QUE É BOM PRO PROVO. Rs. Tá decidido: destesto horário de verão.

”VOCÊS “VERÃO” QUE ESSE HORÁRIO DE VERÃO VAI ARRUMAR MAIS TEMPO AINDA PROS GOVERNANTES FAZEREM MUITO CONFUSÃO! “VOCÊS VERÃO”. Rs.

”HOJE, MINHA IRA VAI PARA…”

Vai para os médicos que acham que somente o tempo deles é precioso e te deixam esperando mmmuuuiiitttooo para ser atendida. E olha que esse “tipo” de médico é maioria, existem pouquissímos que te atendem num espaço de tempo considerado aceitável, + ou – 15 minutos de atraso.

Porque só o tempo deles vale dinheiro e o meu não? Pára com isso, atenda na hora, eu também trabalho. Hoje tinha um exame marcado e desisti de esperar pelo “bendito”. E olha que ele não estava atendendo nenhuma emergência não.  Simplesmente não apareceu no consultório. Outro dia, meu marido esperou duas horas e não conseguiu ser atendido pelo médico dele. Tudo isso com hora marcada.

Acho uma falta de respeito. O cara põe uma roupa branca, se sente “meio” Deus e já começa  a ter muitos compromissos. Qualquer coisa “foi uma emergência que apareceu”. Dormiu mais do que devia na hora do almoço e isso virou emergência. Claro, uma emergência do sono. Rs. E eu com isso?

Olha, isso realmente me tira do sério. Eu não espero e, se possível, mudo de médico. Se todos pacientes aderissem ao meu boicote, rs, talvez eles atrasassem menos. Quando eu gosto muito do médico, eu espero reclamando sem parar. Rs. Mas esses eu já conheço e só chego atrasada. Eles é que me esperam. Rs.

Enfim, o troféu abacaxi (aquele do Chacrinha) vai para esse médico de hoje. Rs.

“Em cada ato médico deve estar presente o respeito pelo paciente e pelos conceitos éticos e morais; então a ciencia e a consciência estarão sempre do mesmo lado, do lado da humanidade”
René Gerónimo Favaloro