Arquivo de junho, 2007

Vá soltar rojão lá na p.q.p. vai! E não precisa voltar!

Fico pensando se o filho de uma puta(e não vou pedir desculpas à mãe de nenhum não) que fica soltando rojão não tem nenhum filho pequeno que berra com o barulho, alguém doente que tenha conseguido cochilar naquele instante ou, mesmo, um cachorro desesperado que não sabe onde se enfiar numa hora dessa.

Qual é a graça de ficar soltando aquilo? Me conte por favor, vou fazer de tudo para entender!

E na época de exposição agropecuária então? A festa tem o encerramento lá pelas 00h00 e aí…vai-se uma tonelada de rojão, te acordando assustado. E quem é devoto de algum santo? No dia dele, o foguetório começa as 06h00 da manhã e prossegue o dia todo. Ah gente, tenha dó vai. Será que não se tem mais nada interessante pra fazer do que ficar soltando fogos de artifício? Pelo amor de Deus, já tô de saco cheio!

Tem sempre alguma desculpa pra se fazer isso. Meu time ganhou, meu time perdeu e eu tinha comprado um monte de rojão, a seleção brasileira tá jogando, tem festa junina, é reveillon….

Vão catar coquinho e deixar a maioria – que não gosta disso- em paz.

”PARA QUEM GOSTA DE SOLTAR ROJÃO EU DESEJO QUE SOFRA UMA INFESTAÇÃO DE PIOLHOS E QUE SEUS BRAÇOS SEJAM CURTOS NÃO DANDO PRÁ SE COÇAR”.

Que tal morrer numa segunda?

Gente pensando bem, ou mal, segunda-feira é um bom dia pra morrer. Rs. Acabei de decretar isso agora mesmo. Mas, prestem atenção, é morrer de morte morrida e não de morte matada.

É um dia morno, sem graça, com uma porção de dias pela frente- até chegar a amada sexta-feira a tardinha, enfim-, é um dia pra se começar várias coisas, que você não sabe bem se vão dar certo ou valer a pena. Conclusão: é um bom dia pra morrer. Rs.

Na segunda-feira, você tem que maneirar na comida e bebida, porque abusou demais no fim-de-semana; tem que fazer exercícios físicos para compensar, ainda, aquele abuso do início da frase; tem que aguentar gozação se seu time perdeu(caso do Palmeiras, 3 a 0 do Goiás); tem uma relação de clientes (a maioria chatos) pra conquistar; empregada doméstica adora faltar neste dias; tem um monte de coisas pra colocar em ordem em casa porque, como era final de semana, você foi jogando tudo a esmo; e, por fim, não há a mínima chance de você ganhar na mega sena, mandar tudo pra …..onde voce quiser, porque não há sorteios na segunda e, portanto, você não pode ficar milionário.

Enfim, é um bom dia prá morrer. Mas tem uma coisa: a morte tem que vir, de preferência, pela manhã, porque se ela demorar muito, já começo a fazer planos prá noite. E, se isso acontece, é melhor deixar pra outra segunda  prá não atrapalhar. Rs.

“A vida é mais simples do que a gente pensa; basta aceitar o impossível, dispensar o indispensável e suportar o intolerável.” (Kathleen Norris)

“O Amor é lindo, feio é o tombo!”

Essa era a frase preferida de um amigo meu que não tinha muito sorte com as mulheres (rs), até que um dia ele encontrou a sua metade, esqueceu de todas suas desilusões e está feliz até hoje. Tomara que seje eterno né?

Hoje é o Dia dos Namorados e tô rodeada de mulheres solteiras, lamentando que vão passar a data sózinhas, blá blá blá… Eu me lembro que há um tempo atrás, esse dia não tinha  todo esse apelo popular, mal sendo lembrado. Até que os comerciantes resolveram apostar fundo nele e agora é comercial prá tudo quanto é lado e acho que isso provoca essa sensação de solidão em quem está desacompanhado. Principalmente as mulheres que são mais românticas. Os homens, aposto que estão pensando em se “aproveitar” dessa carência e “traçar” uma hoje. Rs.

A cobrança é muita para que todo mundo tenha alguem, se case, tenha filhos… Não importa a qualidade dos relacionamentos. VOCÊ NÃO PODE É FICAR PRA TITIA.Rs. Engraçado isso né? Eu sempre digo  todas, e não é pra consolar não, que a pessoa amada, QUE REALMENTE VALHA A PENA, vai chegar. Assim como chegou pro meu amigo. Enquanto isso, aconselho elas a ir beijando quem  não vale a pena. Rs. Prá não perder o jeito. Rs.

Legal é as amigas da minha irmã, que estão organizando, para hoje, uma festa só de mulheres pra comemorar a “solteirice”. Eu só disse prá elas não beberem muito que, aí, a tristeza pode bater, e uma pode começar a agarrar a outra. Rs. Eu, se fosse elas, contrataria um stripper.

Enfim, sózinho ou com alguém, o importante é nunca perder o bom humor e seguir adiante que o que a gente quer “tá logo ali”. Rs. E, além do mais, homem é igual ônibus, de meia em meia hora passa um. Pode não ir pra onde voce quer, mas que passa, passa. Rs.

“Na Era de Aquário, as pessoas passarão mais e mais a se relacionar na base da troca. Exemplo: eu exponho abertamente o que sou e o que tenho; você faz o mesmo; nós trocamos. Vou aproveitar de você aquilo que me serve; você aproveita de mim aquilo que lhe serve; nós dois ganhamos e crescemos com isso. Sem entrar na neurose de dependência, porque ela é aprisionante. Aprisiona o dependente e aprisiona aquele de quem se depende.” Luis Pellegrini

Toma que o filho é teu!

O Juizado da Vara e da Juventude de Votuporanga quer proibir a venda de bebidas alcoólicas destiladas durante a realização da exposição agropecuária da cidade no próximo mês de agosto. Essa medida já foi adotada durante o carnaval e agora parece que vai virar regra em todas as festas realizadas por aqui. No momento que li essa notícia no jornal confesso que me irritei profundamente e esperei até um pouco para escrever sobre isso, para  poder contar até 10.000  e me acalmar.

Eu, como cidadã, discordo totalmente disso. Eu sei que uma das definições de SOCIEDADE ” é  agrupamento de seres que convivem em estado gregário e em colaboração mútua”(Dicionário Houais), mas estou ficando cansada de ficar somente com o ônus dessa parceria. É um tal de ter que pedir para que parem de cortar árvores desenfreadamente e não ser escutada; de pedir que as pessoas não abandonem seus animais de estimação só porque eles cresceram demais, ficaram feios e outros motivos idiotas; de tentar convencer essas mães e pais de que a educação dos filhos compete a eles e não as escolas e sociedade…. Enfim é uma luta diária e sem resultados.

Perto da minha casa tem duas famílias com filhos adolescentes e as reuniões no meio da rua, com mais jovens, regradas a bebidas alcoólicas, são constantes. Não posso esquecer do som altissímo com uma bela canção “…tô ficando atoladinha, tô ficando atoladinha…”.Rs. Tudo isso sob as vistas dos pais. E eu que tenho que me preocupar com esses jovens quando eles saem pra ir pruma festa? ME POUPEM!

Cadê meu direito de tomar uma batidinha de morango ou uma caipirinha de pinga -eu que não sou alcoólatra, não gosto de cerveja e bebo raramente- . Eu tenho que me privar desses pequenos prazeres por causa de filhos de pessoas que não estão nem aí pra isso? ME POUPEM PELA SEGUNDA VEZ.

Como diz uma amiga minha “estou bege com isso”. Rs. Mas, enfim, deve ser o preço de se viver em sociedade.

“SÓ SEI QUE NADA SEI” (Sócrates).

Se meu bolo de fubá falasse! Rs

Gente, quem não nasceu pra coisa não deve tentar ser uma dona de casa. Rs. Hoje, num rompante de “prendada” resolvi fazer um bolo de fubá. Oh, meu Deus! Como toda mulher não afeita às tarefas domésticas, não conferi se tinha todos os ingredientes. Como comprei, não usei, pensei “-é claro que tá lá na geladeira-”. Ledo engano. E o ingrediente que faltou é justo o que eu acho, que as mulheres prendadas acham, ser essencial: o pó royal. Rs.

Depois de tudo batido, faltando o último ingrediente, a famosa “pitadinha” pro bolo crescer, cadê? cadê? cadê?… Não tinha. Rs. Mas como sou uma “garota esperta” improvisei: coloquei maizena.kkkkkkkk. E agora, o que será que vai virar “isso” que já não pode ser chamado de bolo né?

Sem contar que os ingredientes eram batidos no liquidificador e ao despejar a massa na forma, reparei que não tinha batido tudo, um pouco ficou no fundo sem misturar. Misturei com a colher mesmo. Rs.

Agora o coitado tá lá no forno. Será que ele sobrevive? Minha sorte é minha cachorra, a Catarina, ela adora tudo que faço (mesmo porque eu nunca faço). Então, se “não prestá ela comerá”. Rs. Tadinha de mim.

“É NAS HORAS DIFÍCEIS DA VIDA QUE VOCÊ DEVE LEVANTAR A CABEÇA, ESTUFAR O PEITO, OLHAR ADIANTE E DIZER DE BOCA CHEIA: AGORA FUDEU !!”